sexta-feira, 27 de maio de 2016

INTERNACIONALIZAÇÃO DO SINPTENU EM PORTUGAL - Por Vieira Miguel Manuel






SINDICATO NACIONAL DE PROFESSORES E TRABALHADORES DO ENSINO NÃO UNIVERSITÁRIO

SECRETARIADO NACIONAL




RELATÓRIO DA DESLOCAÇÃO DO SECRETÁRIO-GERAL NACIONAL PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SINPTENU (EM PORTUGAL)


No quadro da solidariedade sindical entre o SINPTENU e a FSTECSD a nível do fórum sindical da educação, graças a este desiderato, e ao empenho particular do camarada José Laurindo, Presidente da Federação e do Fórum, tivemos o privilégio de sermos convidados a participar em várias actividades sindicais de âmbito internacional, realizadas na República Portuguesa, cidade do Porto; nomeadamente: seminários, palestras, reuniões alargadas, V conferências da CPLP-Sindical da educação e desfile no 1º de Maio.

Apesar dos esforços financeiros feitos que tornou possível a nossa participação, os dias que aí passamos não foram de lazer, mas sim de agendas recheadas de trabalhos que começavam logo pela manhã e que iam até às meia-noite, valeu apenas, daí os frutos que trazemos;

Foi possível estabelecer Acordos de Cooperação com as seguintes organizações sindicais:

1.    FMTS – Federação Mundial dos Trabalhadores e Cientistas, com sede na França.
2.    SNTE – Sindicato Nacional de Trabalhadores da Educação, México.
3.    CONTEE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino, Brasil
4.    SINPRESTEP – Sindicato da Educação Nacional de Professores e Educadores de São Tomé e Príncipe
5.    SAEMSS – Sindicato da Educação do Senegal
6.    CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação, Brasil
7.    SP – Sindicatos dos Professores do Norte Portugal
8.    FNE – Federação Nacional da Educação, Portugal
9.    UPJ – União dos Professores do Japão
10. SNTECD – Sindicato Nacional de Trabalhadores da Educação Ciência e Desporto, Cuba
11. ONP/SNPM – Organização Nacional dos Professores – Sindicato Nacional dos Professores de Moçambique
12. FENPROF – Federação Nacional dos Professores, Portugal
13. FECAP – Federação Cabo-verdiana de Professores
14. SINDEPROF – Sindicato Democrático dos Professores da Guiné-Bissau

Porém, conseguimos a filiação do SINPTENU à CPLP-Sindical da Educação (Comunidade das Organizações Sindicais dos Países de Língua Portuguesa).

Fazem parte desta organização todos os sindicatos, federações e confederações sindicais dos países da CPLP, bem como, Senegal e Nova Galázia por ter muitos povos falantes da língua portuguesa.

Já no quadro da parceria, conseguimos estabelecer parceria com uma organização denominada ABC Internacional, com sede em Joanesburgo, África do Sul, no domínio da formação aos filhos dos líderes sindicais e dos filiados para formação superior.

Ainda assim, informalmente, temos as portas abertas para sermos recebidos como filiado na IE – Internacional da Educação que é a maior concentração de todos os sindicatos, federações e confederações dos professores e trabalhadores da educação de todo o mundo, com 32 milhões de organizações, onde nos foi solicitado o pedido de integração por escrito que é o mais formal até ao dia 30 de Maio de 2016.

No âmbito da filiação, existem deveres por cumprir e também direitos por usufruir, já no capítulo da cooperação nos cingimos, no quadro da formação dos líderes sindicais do SINPTENU e no intercâmbio sindical entre as organizações.

Com o dever de missão cumprida apelamos a todos(as) os(as) companheiros(as) unidade, solidariedade e espírito de entrega a um sindicalismo participativo, coeso e aberto; bem-haja ao SINPTENU.

Viva a Solidariedade Sindical!
Via a Unidade dos Sindicatos no Mundo!
Viva a Democracia Participativa!


Leia em versão pdf aqui.

Tenho dito



ATT:
Avelino Calunga

Comente com o Facebook: