sexta-feira, 12 de junho de 2015

A EDUCAÇÃO NA SOCIEDADE SOCIALISTA - Por Vieira Miguel Manuel

INTRODUÇÃO



O homem como um ser racional precisa de ser socializado para sobreviver. Por isso, é feito mediante a educação recebida das pessoas que o circulam e é submetido a um intenso processo de aprendizagem, que não termina senão com a morte.




A EDUCAÇÃO NA SOCIEDADE SOCIALISTA


Os hábitos, para serem hábitos devem ser praticados como a arte de escrever só se consegue quando o homem pratica de maneira usual a acção.

Na sociedade socialista o homem se liberta da educação como pertença de uma elite determinada. Aqui o carácter classista corresponde aos interesses da classe dominante. Porém, desta vez para uma classe totalmente maioritária da classe dominante a classe dos trabalhadores que representa a produtora dos bens sociais.

A obrigatoriedade da educação escolar visa um plano mais geral, concretizar um objectivo de longo prazo relacionado com a meta da construção de uma sociedade comunista, ou seja, criar de modo organizado e sistemático, isto é, de modo não espontâneo, as condições intelectuais e culturais mínimas necessária ao pleno desenvolvimento das múltiplas potencialidades individuais e a superação das estratégias.

Segundo Makarenko, dizia que visivelmente tinha de coexistir com pedagogos de orientação anarquista: enquanto não for criado um colectivo de facto socialista, o educador tem o direito de obrigar os indivíduos a instrução não pode reverenciar os interesses e as disposições das crianças tais se apresentam no ponto de vista de partido do processo educacional. E isso porque a educação socialista não tem apenas a função social de desenvolver personalidade individual, mas também a função histórica de contribuir para a construção de um novo colectivo socialista.

Portanto, na sociedade socialista o homem se liberta da educação como pertence de uma elite determinada.

Vários partidos operários, partidos socialistas e centros socialistas assumiram a defesa do ensino popular gratuito e técnico/proficional, Reivindicando o ensino e fomentar o surgimento das escolas operárias e bibliotecas populares.

Doravante, no contexto actual não há excepção (ricos e pobres, todos têm o direito ao ensino). Todos têm direito ao material escolar.

O acesso a educação é para todas as classes (operários e camponeses), o ensino também é gratuito.



CONCLUSÃO



No socialismo, todo o povo é mestre da natureza, da sociedade e de si mesmo, as condições de estudante são favoráveis e a educação torna-se o bem de todo o povo.



BIBLIOGRAFIA





Fascículo de pedagogia 9ª classe 

Comente com o Facebook: